• Home
  • Notícias
  • Pages
  • Os alertas do Papa Francisco sobre o avanço da Inteligência Artificial – CartaCapital

Os alertas do Papa Francisco sobre o avanço da Inteligência Artificial – CartaCapital

Menu

Embora tenha tecido diversas críticas ao avanço da IA, o pontífice reconheceu que a tecnologia é um “instrumento fascinante”, mas capaz de causar danos
O Papa Francisco declarou, nesta sexta-feira 14, que a ‘humanidade está condenada a um futuro sem esperança’ caso a máquina e a Inteligência Artificial prive as pessoas da capacidade de decidir sobre as suas próprias vidas. O aviso foi dado durante o discurso na cúpula do G7, que teve início na quinta-feira 13.
“Nenhuma máquina, em caso algum, deveria ter a possibilidade de optar por tirar a vida a um ser humano”, destacou o Papa durante o discurso. A fala faz referência ao desenvolvimentos de Inteligências Artificiais que, ao serem solicitadas para indicar soluções a certos problemas podem ser ‘manipuladas’ pela interação com os usuários ao ponto de sugerir suicídio como uma alternativa viável.
Embora tenha tecido diversas críticas ao avanço da IA, o pontífice reconheceu que a tecnologia é um “instrumento fascinante”, mas que, como todas as ferramentas criadas pelo homem é capaz de causar danos. Ele também reforçou a necessidade de lembrar que ‘nenhuma inovação é neutra’ e o seu impacto na sociedade e na reestruturação das relações sociais e posições de poder. Por fim, Francisco destacou que as ferramentas tecnológicas, assim como a IA, devem possuir uma ‘inspiração ética’ na sua construção e utilização.
Durante o discurso, o Papa também abordou os recentes conflitos globais, sem citar casos específicos, e destacou que a sociedade mundial tem graves deficiências estruturais que ‘não podem ser resolvidas apenas com remendos ocasionais ou soluções rápidas’ e que é preciso ‘chegar à raiz do problema’. Embora a fala não cite diretamente atores nos conflitos globais, ela acontece em meio a guerra entre Israel e Hamas, que persiste após diversos períodos de trégua e tentativas de cessar-fogo.

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo
Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.
Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.
Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo
Desenvolvido por OKN Technology Agency

source

Compartilhe:

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Sobre o autor

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Veja também

mais acessados

On Key

Related Posts

Os alertas do Papa Francisco sobre o avanço da Inteligência Artificial – CartaCapital