• Home
  • Notícias
  • Pages
  • Meta está proibida de usar dados de brasileiros para Inteligência Artificial – Correio Braziliense

Meta está proibida de usar dados de brasileiros para Inteligência Artificial – Correio Braziliense

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) anunciou nesta segunda-feira (2/7) uma medida preventiva que proíbe a Meta, empresa dona das redes sociais Facebook e Instagram de usar dados de usuários brasileiros para treinar suas plataformas de inteligência artificial (IA). Essa decisão foi tomada com base na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), válida desde de 2021.
A ANPD identificou irregularidades na nova política de privacidade da Meta, e considera riscos graves e de difícil reparação aos usuários. A empresa não foi transparente sobre o tratamento dos dados e dificultou o processo para que os usuários proíbam a utilização de suas informações pessoais em modelos de linguagem. Além disso, há preocupações quanto ao uso de dados de crianças e adolescentes nas plataformas, diz a nota da ANPD.
A multa diária para o descumprimento dessa proibição é de R$ 50 mil. A nova diretriz de uso de dados da Meta, implementada no final de junho, permite que informações públicas e conteúdos compartilhados pelos usuários sejam aproveitados para treinar sistemas de Inteligência Artificial. A autoridade pública acusa que essa mudança não foi amplamente divulgada e foi ativada por padrão para todo o público.
A Meta também é dona do WhatsApp que tem anunciado recursos de IA para suas redes sociais. A nova ferramenta foi divulgado pelo WABetainfo nesta terça-feira (2/7), a versão Beta do aplicativo mostra que fotos originais serão usadas para criar modelos de usuários customizados.
Após apresentar as fotos próprias na plataforma Meta AI, terá uma conversa entre o usuário e o chatbot Meta AI (assistente de IA da Meta), onde será solicitado a personalização. Porém chatbot Meta AI não consegue ler mensagens privadas de conversas em que for mencionado, porque o processamento dessa função ocorre de maneira separada do WhatsApp.
A Meta se posicionou sobre a decisão e afirmou que é a empresa com maior transparência no treinamento dos produtos de Inteligência Artificial. 
“Estamos desapontados com a decisão da ANPD. Treinamento de IA não é algo único dos nossos serviços, e somos mais transparentes do que muitos participantes nessa indústria que têm usado conteúdos públicos para treinar seus modelos e produtos. Nossa abordagem cumpre com as leis de privacidade e regulações no Brasil, e continuaremos a trabalhar com a ANPD para endereçar suas dúvidas. Isso é um retrocesso para a inovação e a competividade no desenvolvimento de IA, e atrasa a chegada de benefícios da IA para as pessoas no Brasil”, diz a Meta em posicionamento
*Estagiário sob a supervisão de Jaqueline Fonseca


 

 
Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sr*******@da**.br
Estudante de Jornalismo que vê a profissão um meio de deixar o mundo melhor.

source

Compartilhe:

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Sobre o autor

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Veja também

mais acessados

On Key

Related Posts

Meta está proibida de usar dados de brasileiros para Inteligência Artificial – Correio Braziliense