• Home
  • Notícias
  • Pages
  • Inteligência Artificial: brasileira disputa concurso de beleza para mulheres criadas por computador – Folha de Pernambuco

Inteligência Artificial: brasileira disputa concurso de beleza para mulheres criadas por computador – Folha de Pernambuco

Criada por Inteligência Artificial, Ailya Lou é uma das finalistas do Fanvue World AI Creator Awards, primeiro concurso de beleza no mundo para mulheres criadas por computadores. A organização divulgou a lista das suas dez finalistas recentemente e elencou a artista “nipo-afro-brasileira” entre elas.
A concorrente brasileira foi criada, inicialmente, para estrelar uma série de projetos de filmes. Seria a atriz principal da saga. De acordo com o Daily Mail, o criador de Ailya Lou garante que todas as imagens dela são geradas por prompts de texto inseridos em uma plataforma e não sofrem quaisquer retoques após o resultado. A artista soma quase 11 mil seguidores no Instagram. Na rede social, ela compartilha selfies de modelo, com roupas de alta costura e momentos de lazer com amigos, e detalha suas preferências, como a cor azul.
“Estou muito feliz em ver Aliya sendo selecionada [como finalista do concurso]. Ela é um projeto artístico que tem um significado enorme para mim como uma forma de entender como recriar mundos e pessoas para uma realidade expandida”, afirma o criador da brasileira, em declarações reproduzidas pelo Daily Mail.
O concurso escolheu as concorrentes a partir de um rol de 1.500 personagens artificiais inscritas na competição (veja fotos mais abaixo).
Na lista das finalistas, estão por exemplo a astronauta turca Asena Ilik e a influenciadora de viagens ruiva Olivia C. Segundo a organização, a primeira Miss IA será aquela que, para além da beleza, for melhor avaliada em termos de tecnologia e também de influência nas redes sociais (a mais “famosa” delas é a indiana Kenza Layli, com 190 mil seguidores no Instagram).
 
Uma publicação compartilhada por Kenza Layli كنزة ليلي (@kenza.layli)
A competição é organizada pela Fanvue, plataforma na qual criadores podem hospedar suas obras feitas a partir de inteligência artificial. O prêmio será repartido entre os criadores das três primeiras colocadas: US$ 20 mil (sendo US$ 5 mil, para a campeã), além de vantagens na mídia social.
Os prêmios mostraram o quão engajados os criadores estão no espaço de IA, e o padrão da lista é simplesmente incrível disse Will Monange, cofundador da Fanvue, em declarações reproduzidas pelo DailyMail.
Para Monange, o concurso pode se tornar uma espécie de Oscar do segmento, que, de acordo com a Fanvue, já deve movimentar 1 bilhão de libras até o fim do ano.
As finalistas vêm de países como França, Marrocos e Índia. Várias das concorrentes ao título de Miss IA, assim como nas competições “reais”, têm divulgado seus elos com projetos sociais. Os criadores de Aiyana Rainbow classificaram-na como “uma voz para a aceitação LGBT”, por exemplo. Já Kenza Layli promove os direitos das mulheres no Marrocos.

source

Compartilhe:

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Sobre o autor

Picture of Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria - Redação Kriahtiva

Marcelo Faria, aos 27 anos, é a mente criativa por trás da produção de textos da Kriahtiva. Com uma paixão inigualável pelo universo online, seus textos são faróis de inspiração, navegando pelos mares do marketing digital com inovação e expertise. Em cada artigo, ele transforma conceitos complexos em leituras envolventes, guiando os leitores por uma jornada única de descobertas no vasto mundo do marketing.

Veja também

mais acessados

On Key

Related Posts

Inteligência Artificial: brasileira disputa concurso de beleza para mulheres criadas por computador – Folha de Pernambuco